Zilda Arns


Levei um susto enorme quando soube que Zilda Arns havia morrido. Me dava um certo conforto saber da sua existência. Olhando para o trabalho desenvolvido por ela era mais fácil acreditar na humanidade. Cresci admirando esta mulher: uma avó com o semblante transbordando de generosidade, mas, também era firme.

No final do ano passado fiz um post sobre as mulheres que marcaram 2009 e, entre elas, incluí o nome desta grande brasileira. Zilda Arns: médica, sanitarista e uma humanista de grande relevância na nossa história. No início da década de 80, ela fundou a Pastoral da Criança para ajudar mulheres e crianças. Incentivou o aleitamento materno, combateu a desnutrição e a mortalidade infantil. Acreditava que a educação era o caminho para a paz. Assim, empenhou-se na causa da alfabetização. Os idosos também foram acolhidos em seus braços com a fundação da Pastoral da Pessoa Idosa. Foi indicada para o Prêmio Nobel da Paz, se tivesse ganhado, com certeza, seria por mérito. A obra desenvolvida por ela, com o apoio de incansáveis voluntários, extrapolou as fronteiras do Brasil. Esteve em diversas localidades, contribuiu para melhorar a vida de milhares de seres humanos.

Foi numa viagem ao Haiti, onde cumpriria sua missão de levar o bem, que ela faleceu, vítima de um terremoto que assolou este país.

Zilda Arns foi fundamental para toda a sociedade. Entretanto, acredito que para nós mulheres, ela teve uma importância a mais, porque ensinou mães a cuidarem de seus filhos. Tarefa nobre que devolve às mães dignidade e soberania. Ela, que sempre prezou pela liberdade, ensinava a ser livre. Agradeço o legado que Zilda Arns nos deixou.

Foto: Creative Commons/Google

btemplates

4 comentários:

Familia Couras disse...

Amei o post...acho que foi uma grande mulher e deve ser lembrada sempre!Bjosss
@fecouras

Daniela Fonseca disse...

Muito obrigada! Com certeza, Zilda Arns foi um grande nome da nossa história.

Luciana Kotaka disse...

Muito importante sabermos o valor dessa mulher como também das pessoas que fazem diferença no nosso mundo. Curitiba perdeu uma grande pessoa, como o mundo também. Bjs

Daniela Fonseca disse...

Concordo com você Luciana Kotaka, o trabalho que Zilda Arns realizou tem importância para toda a sociedade.

Postar um comentário

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...